08 de junho de 2021

Conheça 4 ferramentas para gerar tráfego pago

Para alcançar um bom direcionamento em relação às suas redes sociais ou sites é preciso adotar medidas que coloquem à disposição dos seus clientes ideais os seus conteúdos. Com o tráfego pago é possível aumentar sua visibilidade e atingir as pessoas certas para o seu negócio. 

Quando o assunto é tráfego pago, é válido destrinchar primeiro o significado de tráfego para o marketing digital. Assim podemos tratar de forma coerente sobre as ferramentas e entender porque elas realmente funcionam. 

E o conceito de tráfego é simples. Ele se refere a quantidade de visitas que seu site, loja ou rede social recebe. 

Pronto! Você já entendeu o sentido de tráfego. Mas precisa ter em mente que o intuito da comunicação é ser compreendida e que não adianta ter a  visibilidade de quem não se interessa pelo que está sendo anunciado. 

Por essa razão, com o tráfego pago, o anunciante consegue ter maior controle sobre as visitas, alcançar vendas efetivas e ainda segmentar a audiência, comunicando aos seus clientes certos. 

Leitura recomendada: O que é persona e qual a importância para o seu negócio 

Aqui no blog já tratamos da definição, dos benefícios e de outras questões relacionadas ao tráfego pago. Hoje, especificamente, a abordagem será voltada para as ferramentas que podem ser utilizadas para gerar tráfego pago e sobre seu funcionamento. 

No entanto, não deixe de conferir o material complementar a seguir para compreender de modo mais aprofundado sobre a importância de utilizar o tráfego pago em suas campanhas. Confira, também, dicas de como pôr em prática essa estratégia

Leitura recomendada: A mídia paga como estratégia para alavancar o seu conteúdo 

Antes de conhecer as ferramentas é preciso entender quando usar o tráfego pago

Para toda ação de marketing digital é preciso organizar um planejamento que atenda aos seus objetivos. Sendo assim, é indispensável pesquisar e analisar para estruturar os anúncios. 

Neste caso é preciso dedicar-se aos seguintes pontos: 

— Quem é a sua persona? 

Ter o conhecimento de quem é o seu cliente ideal te auxilia na produção lógica de conteúdo e fortalece as suas campanhas, afinal você sabe para quem fala e o que essa pessoa precisa.

— Conheça seu negócio 

Entender seu nicho de atuação, seus concorrentes, a forma com que seus consumidores utilizam e regem aos seus produtos e serviços é fundamental para orientar suas campanhas e também seus conteúdos. 

Saiba que a estratégia de tráfego pago funciona sozinha, mas quando combinada com o marketing de conteúdo, por exemplo, tem seu impacto multiplicado. Isso ocorre porque seu público continuará tendo acesso aos seus produtos e serviços mesmo quando a campanha for concluída. 

Leitura recomendada: Crie uma estratégia de Marketing de Conteúdo para a sua empresa 

E por falar nisso, é vital definir qual objetivo da sua campanha para mensurar o tempo em que ele ficará disponível e quais retornos ela precisa trazer. 

Geralmente o tráfego pago é utilizado quando é preciso: 

- Divulgar a marca; basicamente tornar seu produto ou serviço conhecido pelo maior número lógico de pessoas (os clientes ideais).

- Montar uma lista de leads; verificar quem são seus compradores e ter uma noção mais aprofundada de como se comunicar com eles. 

- Direcionar pessoas para a página de vendas; fazer com que as pessoas realizem uma ação.

Em seguida defina o formato e os canais que serão utilizados para promover o seu anúncio.

Leitura recomendada: Vídeo marketing como estratégia | Descubra qual a rede social certa para o seu negócio  

Após considerar os pontos anteriores, o planejamento envolve ainda a definição do orçamento a ser utilizado e o método de cobrança, que pode ser feito das seguintes formas: 

— CPM; quer dizer Custo Por Mil Impressões. Este método é utilizado quando se deseja aumentar a visibilidade da marca ou de determinado produto já que o foco é exibir mais vezes o seu anúncio. 

— CPC; já o Custo Por Clique se refere ao número de vezes que os usuários vão clicar no seu anúncio. O pagamento é contabilizado pelo número de cliques, apenas. O recurso é excelente para gerar tráfego direto e aumentar as visitas em seu site. 

Com todos os aspectos essenciais bem estruturados podemos partir para o último tópico necessário, as ferramentas! Conheça a seguir as 4 principais dicas para gerar tráfego pago. São elas; 

— Google Ads, 

O Google possui uma variedade de opções no serviço de anúncios, sendo essenciais para garantir o gerenciamento das propagandas. Como, teste A/B, por exemplo. 

No quesito métricas, é viável saber quando o usuário está utilizando um dispositivo móvel ou não, qual o local as pessoas são mais atingidas pelo seu anúncio e outras informações.

Com essa ferramenta o CPC é mais útil, principalmente porque os anúncios estarão disponíveis em um dos maiores buscadores online, tanto no topo da primeira página quanto nas laterais e podem ser facilmente acessados pelas pessoas que realizam pesquisas no navegador. 

— Facebook Ads, 

Por se tratar de uma rede social, é possível dividir de forma precisa os seus anúncios de acordo com faixa etária, gênero, profissão, interesses específicos e até status de relacionamento. 

Para ter acesso aos recursos é preciso criar uma página para o seu negócio. A rede admite, ainda, configurações para tornar a página em uma loja virtual.  

— Instagram Ads, 

Outra rede social importante para os anunciantes é o Instagram. 

A rede social permite realizar anúncios no feed, stories e Instagram Shopping nos mais variados formatos.  

Outro ponto interessante da rede é que seus anúncios podem ser combinados com campanhas realizadas no Facebook, aumentando as chances de alcance do anúncio. 

— LinkedIn Ads;

O potencial do LinkedIn é muito maior do que gerar networking para seus usuários. 

Sem contar que essa rede é excelente para o desenvolvimento de relações B2B, de empresas para empresas. Lá, você pode optar por desenvolver uma campanha com cobrança CPM ou CPC e pode realizar o teste A/B em suas campanhas. 

Na rede, o anunciante encontra duas opções de vincular sua campanha, por meio do conteúdo patrocinado ou dos anúncios de texto. Enquanto o primeiro pode ser visto diretamente no feed, o segundo é visto em torno da página, com textos curtos. 

Fique atento ao seu público e a campanha que está sendo desenvolvida pela equipe de marketing para optar pelo melhor recurso. 

Agora, qual ferramenta escolher? 

Após compreender o que é e como funciona o tráfego pago não devem restar dúvidas sobre a importância de adotar os anúncios para impulsionar seu negócio. 

E que tal realizar essa ação com a Cósmica? Somos uma agência especializada em marketing digital e possuímos experiência com as ferramentas citadas anteriormente e muitas outras focadas no crescimento de negócios no ambiente digital. 

Entre em contato e descubra como podemos te ajudar.