03 de junho de 2021

Como incluir os influenciadores digitais na sua estratégia de Marketing Digital

As interações no espaço digital estão constantemente passando por mudanças. Esse processo, que ocorre não só entre pessoas, mas também, entre empresas e produtos, alcança outros patamares quando combinados com os influenciadores digitais. 

Os influenciadores digitais ou digital influencers são responsáveis por promover campanhas, persuadir a audiência e outros feitos que vamos tratar a partir deste texto.  

Quem são e como atuam os Influenciadores digitais? 

Com a chegada das redes sociais, a popularização de smartphones e outros recursos mobile, tem se tornado cada vez mais difícil não se manter conectado. 

A naturalidade em realizar atividades, pesquisas e consultas na internet, ganha então maior destaque, principalmente por conta da praticidade envolvida no processo. 

Por exemplo, quando sabemos que 97% dos usuários de internet estão pesquisando sobre um produto antes de realizar uma compra. A facilidade proporcionada pelo digital e o aumento da conscientização dos clientes motivam a realização dessa atividade. 

Os dados citados fazem parte da pesquisa realizada pelo SPC Brasil, expressando nitidamente o valor dado às informações e a comunicação de um produto ou serviço. 

Perceba que a dedicação do consumidor faz crescer a demanda por analisar e entender detalhes do que se deseja consumir. 

Neste caso, podemos pensar no papel dos influenciadores digitais, como referenciadores de um produto ou serviço. 

O poder dos influenciadores pode ser percebido, mais uma vez, em dados da pesquisa realizada pelo Instituto QualiBest, que descobriu que 76% dos internautas já consumiram algum produto ou serviço indicado por influencers. 

Afinal de contas, o que é ser influenciador digital? 

Existe um tripé da influência, para auxiliar o processo de distinção de quem realmente possui algum tipo de relevância nas redes. 

Para isso, é necessário atender alguns critérios para ser influenciador, são eles: 

— Relevância: o engajamento resultante de boas interações entre os usuários que acompanham o influenciador; 

— Alcance: a capacidade de pessoas que atingidas pelo conteúdo e principalmente pela influência;

— Ressonância: a capacidade de expandir o conteúdo através de seus seguidores.

Desse modo e considerando os dados citados anteriormente, já dá para perceber que o potencial da ação dos influenciadores é um recurso muito valioso e deve ser incluído na sua estratégia de marketing digital. 

Vamos entender como funciona o processo a seguir.

Os influenciadores possuem uma audiência cativa e orgânica, principalmente porque costumam ser referências nos determinados nichos que ocupam. 

Ou seja, suas opiniões são relevantes e costumam ser bem vistas pelo seu público que confia e divulga seu trabalho naturalmente.

Essas atuações são lidas de forma diferente das promovidas apenas pela empresa por conta do valor construído online pelos influenciadores. 

Em outras palavras, a validação dada pela audiência sobre o conteúdo do influenciador é vital para conferir um novo caráter às propagandas. Com a originalidade e confiança que os seus seguidores estão acostumados. 

Outro passo a ser dado no processo de inclusão de influenciadores é a organização do planejamento. Considerando os objetivos da marca de forma conjunta com a figura do influenciador para alinhar a ação. 

Principalmente porque existem categorias específicas de influenciadores para serem utilizados em momentos estratégicos do planejamento de marketing. 

Para incluir os influenciadores basta… Estruturar!

Pense, por exemplo, na sua área de atuação, na sua persona(link) e nos objetivos que você deseja alcançar com a criação de uma campanha ou anúncio de um dos seus novos produtos. 

Considerar o influenciador certo, depende dos resultados obtidos com a análise do tripé da influência, também. Daí em diante, conseguimos combinar fatores e categorizar os influenciadores em:

— Celebridades; 

Pessoas que conquistaram um público fora das redes sociais, mas que possuem relevância para os usuários que acompanham suas trajetórias. São ótimos quando o objetivo é tornar algum produto mais reconhecido e devem ser utilizados nas fases iniciais de divulgação. 

— Micro influenciadores; 

Possuem um nicho de atuação específico, o que configura ao grupo uma expertise bem delimitada e um público ainda mais distinto. 

Por conta disso, o engajamento com o público costuma ser muito alto, mais até do que os de celebridades.

Através da sua rede, o influenciador digital pertencente a esta categoria fica próximo de aumentar a autoridade da marca. Por conta do valor que possui para o público é mais fácil desempenhar a persuasão. 

— Nano influenciadores; 

Podem ser lidos como os usuários que realizam espontaneamente a divulgação em seus canais e redes sobre um determinado produto ou serviço. 

Seu alcance, geralmente, gira em torno de familiares, amigos e parentes. 

Isso significa que a experiência desenvolvida por este usuário com o produto será transmitida para seu público e altamente considerada. 

É justamente esse tipo de prova que as pessoas esperam de um produto ou serviço, ainda mais, quando vem de alguém em que eles podem confiar por conta do convívio.

Aviso: Considere o posicionamento da empresa e dos influenciadores antes de partir para a proposta. O planejamento bem detalhado garante mais chances de sucesso para os envolvidos. 

Após entender as categorias de influenciadores, considere: 

— O canal a ser utilizado; existem diversos influenciadores em múltiplas redes sociais, combine os seus interesses e construa de forma lógica e direcionada, uma campanha que se encaixe tanto na rede escolhida quanto com o digital influencer. 

— Analise as métricas; independente da categoria escolhida foque nas métricas presentes nas redes dos influenciadores, defina onde chegar e os resultados que deseja obter. 

Para o processo de análise de métricas, tenha em mente que é necessário saber: 

— O alcance ou Média de visualizações mensais (AVM) 

— A média de engajamento mensal, ou seja, a resposta da audiência e interação com o conteúdo; 

— A taxa de engajamento, um valor geral da resposta do público sobre a relevância do influenciador; 

Autenticidade da audiência, para conferir o quanto do público dos influenciadores é real e engajado com seus conteúdos.

A comunicação entre produtos e consumidores, realizada por influenciadores, é um fenômeno relativamente novo. 

Apesar disso, o potencial alcançado com a inclusão dos influenciadores digitais demonstra ser indispensável incluir estes colaboradores na estratégia de marketing

Quando o assunto é fortalecer a estratégia de marketing digital, todas as possibilidades devem ser consultadas e observadas. 

Considere incluir o influenciador digital para potencializar e atrair. 

Note que a dinâmica das redes sociais possui particularidades e contar com as pessoas certas significa alcançar resultados. 

Por isso, considere a Cósmica. Atuamos no processo de negociação e intermediação entre os influenciadores. Também utilizamos ferramentas práticas e nossa experiência com marketing digital para oferecer a solução ideal para o seu negócio. Entre em contato, estamos esperando por você!